Archive for the ‘Confins do Judas’ Category

Aconteceu no Mundo da Bola

08/06/2011

JOGADORAS DO IRÃ IMPEDIDA DE JOGAR COM VÉUS

Jogadora do Irã chora ao ser informada que não poderia jogar.

Uma situação um tanto quanto absurda puniu nesta e na última semana as atletas do Irã na segunda fase do torneio Pré-Olímpico de futebol, jogado na Jordânia. Baseado em um regulamento da Fifa que proíbe o uso de qualquer traje que cubra o pescoço e as orelhas, a seleção iraniana perdeu por WO para seus adversários, pois suas jogadoras se apresentam com o véu islâmico como manda sua tradição.

Curiosamente, as jogadoras do Irã se classificaram na primeira fase do mesmo torneio usando as roupas que agora foram consideradas irregulares. A federação nacional vai formalizar um protesto contra a Fifa, que ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Jogadoras do Irã rezam antes de partida.

O Cultura FC é a favor do futebol como um esportes para todos, seja jogado na altitude, no frio, no deserto e até mesmo com véu. Se você concorda ou não com o tratamento dado às mulheres no Irã é outra questão (nós, por exemplo, discordamos), mas uma tradição – já milenar – como o uso do véu deve ser respeitado (inclusive há muitas mulheres fazem questão de usá-lo).

Ainda mais se considerarmos que ele não traz nenhum benefício esportivo para o Irã e nem coloca em risco a saúde das adversárias (como anéis, relógios, cordãos…), não há motivo para banimento que não seja político. Vale lembrar que jogar futebol pode ser uma das poucas oportunidades dessas mulheres serem incluídas na sociedade. Vergonha…

Copa da França: um esporte de todos, um campeonato para todos.

15/05/2011

A Copa do Brasil é o maior campeonato organizado atualmente pela CBF com 64 times. À primeira vista pode parece grande, mas nem se compara ao recorde do Brasileiro de 1979, com 94 participantes. O que dizer então de um torneio com 7.449 clubes no páreo? Conheça um pouco da Copa da França, o maior torneio de futebol do mundo.

(more…)

E o Globo Esporte estava indo tão bem…

20/04/2011

Matéria de capa sobre o Rio Branco, acompanhamento “quase” em tempo real dos resultados do Campeonato Capixaba (e de todos os estaduais)… é, tudo parecia muito bacana com o futebol do Espírito Santo em um dos sites mais importantes do esporte brasileiro, mas faltou revisão no dia de hoje.


Para a galera que não acompanha, mesmo sendo lanterna do campeonato, a tarefa do Serra não é muito complicada, já que NÃO HÁ REBAIXAMENTO no Capixaba 2011. A gente sabe que a intenção do Globo Esporte foi boa – o trabalho de cobertura de todos os estaduais está de parabéns -, mas para uma rede que tem afiliadas em todos os estados, valia uma revisão.

Entenda: há muito tempo o Campeonato Capixaba da primeira divisão conta com 10 equipes. Este ano, entretanto, Jaguaré e Rio Bananal desistiram do torneio de última hora, não sendo substituídos. Por isso, 2012 contará com todas as 8 equipes da série A mais os 2 promovidos da série B em 2011.

Aconteceu no Mundo da Bola

15/04/2011

CAMPEONATO DE RORAIMA MAIS ESTADUAL DO QUE NUNCA.

Está marcado para o próximo dia 30 um fato inédito (pelo menos até onde conseguimos apurar) no futebol brasileiro. Se tudo se confirmar até lá, quando a bola rolar para Real e GAS no Estádio Municipal de São Luiz do Anauá estará acontecendo a primeira partida oficial do Campeonato Roraimense a ser disputada no interior do estado (o último do Brasil a quebrar esse tabu). O Real, clube que se filiou à federação este ano, não é pioneiro do inteior, porém o Progresso de Mucajaí – afastado da disputa em 2011 – sempre jogou na capital e vizinha Boa Vista.

Fonte: Futebol do Norte

JUIZ MARAVILHA, EXPULSA MAIS UM PRA GENTE VER.

Nem o homenageado acreditou no que via no jogo do Campeonato Peruano entre Universidad San Martín e León de Huánuco. Quando foi avisado no vestiário de que teria torcida organizada, achou que fosse uma forma irônica de protesto. Mas com o tempo, o árbitro Victor Hugo Rivera percebeu que os torcedores estavam ali para apoiá-lo até o fim. Brincadeira ou não, Rivera confessou que o apoio é bem vindo, e foi emocionante passar pela atípica experiência.

Fonte: Globo Esporte

Com direito a bandeira e fantasia, apresentamos a "Hincha del Árbrito".


Copa do Brasil – A história do seu estado no maior campeonato nacional

24/02/2011

 

Sport em 2008: primeiro e até agora único campeão de Pernambuco (e do Nordeste).

Para quem estranhou o título, ela pode não ser o campeonato mais importante, mas é o maior. É a única que, desde 1996, conta com representantes de todas as divisões e, principalmente, de todos os estados (única excessão a 1997, quando o Bacabal-MA desistiu em cima da hora). Então me diga, você sabe se o seu estado já foi bem na Copa do Brasil? Alguma vez ele foi uma daquelas famosas zebras? Siga o resto do post e confira algumas curiosidades dessa charmosa competição entre muitos Davis e alguns Golias.

(more…)

Aconteceu no Mundo da Bola

13/12/2010

REVELAÇÃO DO FUTEBOL CAPIXABA, ANDREZINHO SE APOSENTA COM 27 ANOS E MOSTRA O OUTRO LADO DO FUTEBOL

Todos associam jogador de futebol a fama, luxo e dinheiro. Mas um olhar mais próximo da realidade do esporte bretão no Brasil mostrará que essa é apenas a ponta do iceberg. A grande maioria das pessoas que sobrevivem como jogadores profissionais no país vivem a dura realidade do esporte longe dos grandes centros: más condições de trabalho, salários pequenos e atrasados, desrespeitos de todos os tipos.

Por essa causa, Andrezinho, meia revelação da Copa João Havelange (2000) pela Desportiva Capixaba com apenas 17 anos, e apontado como o novo Sávio da equipe grená, anunciou sua aposentadoria aos 27 anos. Em entrevista concedida ao jornal A Gazeta, Andrezinho revelou toda sua decepção com os bastidores do futebol. Falou como treinadores escalam jogadores de empresários, o problema com alcolismo e drogas que acomete a muitos – mas que não são pegos porque a estrutura não permite antidopings. E entre as denúncias, uma menos ortodoxa: a equipe da Desportiva da Série B de 2001, então líder, ruiu por divergências religiosas e terminou o ano rebaixada (jogadores evangélicos tentavam converter os outros).

Após não conseguir ir para o futebol fora do Espírito Santo (e até do país, com proposta do Borussia) porque a Desportiva pedia demais para liberar o jogador, Andrezinho rodou no estado por Serra, Rio Branco, Vitória, além de passagens no futebol paulista (Palmeiras B), do interior de Minas e da Paraíba. É, o futebol realmente é uma realidade esquizofrênica. E é bom que os meninos que sonham em ser jogadores saibam onde estão pisando – assim como Andrezinho, que nunca largou os estudos e hoje se aposenta já com o diploma de Educação Física na mão.

Aconteceu no Mundo da Bola

16/08/2010

A VOLTA DOS QUE NÃO FORAM: A SÉRIE B MARANHENSE DE 2009 ESTÁ DE VOLTA.

Para quem não se lembra, a 2ª Divisão do Campeonato Maranhense de 2009 foi protagonista de um dos episódios mais bizarros do futebol no ano passado. Com exatamente a mesma pontuação na última rodada, Moto Club e Viana brigavam pelo saldo em jogos simultâneos. E o Viana, ao saber que o Moto Club goleava, misteriosamente fez 9 gols em 9 minutos no Chapadinha.

Pois bem. O Tribunal de Justiça Desportiva do Maranhão, o mesmo que anulou a competição por diversas irregularidades, disse que o Campeonato Maranhense de 2010 não pode começar até a 2ª Divisão de 2009 ser encerrada. E vem mais confusão por aí. O Moto Club foi excluído (pois foi rebaixado no mesmo ano de 2009) e só pode jogar a Série B de 2010 – se é que haverá uma. Já o Chapadinha, suspenso pelo episódio, está de volta à tabela.

O RETORNO DOS MORTOS VIVOS: SÉRIE B CARIOCA RESSUSCITA O WO DUPLO.

E na Série B do Carioca (esta pelo menos era realmente de 2010), o Goytacaz foi rebaixado para a 3ª Divisão pela primeira vez na história por um resultado curioso. Após já sofrer um WO para o Mesquita na 1ª rodada do grupo de descenso por causa da falta de ambulância em campo, o próprio Goytacaz além de Mesquita e Angra dos Reis foram suspensos na 4ª rodada por não quitar dívidas com a Federação. O Mesquita perdeu de WO para a Portuguesa. Mas como Goytacaz e Angra dos Reis se enfrentariam, o que aconteceu? WO duplo. Os dois times “perderam” o jogo por 3 a 0 na tabela de classificação.

Em 1998 a Federação Carioca já havia dado um WO duplo, quando Flamengo e Fluminense se negaram a jogar uma partida do Caixão. Mas na época, ambos saíram “vitoriosos” e “derrotados” por 1 a 0 (na prática, ganharam 3 pontos e 0 de saldo sem entrar em campo). Mas o resultado para o Goytacaz foi o pior possível: rebaixado pelo saldo (5 gols de diferença, levou 6 negativos só nos dois WOs). Um ponto apenas salvaria o time, o que não seria difícil, pois o Goytacaz foi líder do returno, quando jogou todas as suas partidas.

Aconteceu no Mundo da Bola

08/06/2010

UEFA EURO 2016 VAI TER 24 TIMES

Confirmado. A UEFA expandiu o número de times participantes na Eurocopa para 24 a partir de 2016. A edição desse ano será realizada na França, que derrotou as candidaturas de Turquia e Itália.

Análise do Cultura FC: A ampliação do número de participantes é uma manobra política, para mais países ficarem satisfeitos em jogar uma competição do nível da Euro e, assim, também ter a sua parte do bolo. Mas ela vai diminuir bem o nível técnica das partidas da primeira fase e, também, dificultará imensamente a organização para países emergentes, que terá que ser de nível de Copa do Mundo também pelo número de estádios. As sedes de 2012, Polônia e Ucrânia, não estariam aptas a receber jogos para 24 times, por exemplo.

.

PALMAS FUTEBOL E REGATAS VIRA UTILIDADE PÚBLICA

Foi aprovada no último dia 24 na Câmara Municipal de Palmas o projeto do vereador e presidente da Casa, Vanderlei Barbosa (PSB) declarando o Palmas Futebol e Regatas como “Utilidade Pública Municipal”. Segundo o presidente do Palmas, Josa Alves, com este documento o clube terá possibilidades de realizar várias parcerias e captar recursos. (Fonte: Futebol do Norte)

Análise do Cultura FC: O Cultura FC concorda com ações que visam o apoio ao esporte e preservação de clubes tradicionais, mas há que ter prudência. O Palmas  e o maior time de Tocantins,  mas não é sequer o único time da capital do estado. A má gestão no esporte não pode ser custeada pelo povo.

.R

TORCEDORES CHORAM COM FIM DE JEJUM DE 25 ANOS E GÁS DE PIMENTA

No último sábado, o Rio Branco Atlético Clube, clube mais vezes campeão capixaba, terminou com um jejum de 25 anos após empatar em 0 a 0 com o tradicional Vitória. A equipe do Cultura esteve presente e pode acompanhar a emoção dos torcedores e o despreparo da polícia, que jogou spray de pimenta na torcida.

Análise do Cultura FC: Quanto ao título, merecido. Há 3 anos o Rio Branco é o único time do Espírito Santo a manter uma base, e  mesmo sendo vice nos últimos 3 torneios que disputou, vinha sendo empurrado pela torcida. Momento histórico, assim como foi quando acompanhamos o Vitória encerrar o jejum de 30 anos em 2006.

Quanto à ação da polícia, lamentável, assim como a estrutura do estádio Engenheiro Araripe, que ainda assim é a melhor do estado. Confusão para entrar (um único acesso para a torcida capa-preta) e confusão no fim do jogo. Havia torcedores tentando invadir o gramado, o que somos contra e merece intervenção da polícia. Mas o spray de pimenta é arma de dispersão de multidão e no Engenheiro Araripe não há para onde a multidão dispersar, pois os acessos são estreitos e horríveis. Tumulto geral e muitos passando mal foi o saldo da ação.

Ferroviário – Triste fim do maior de um estado

03/04/2010

Todo canto do Brasil tem sua história, sua marca dentro do futebol. E da forma como ele se organizou no nosso país, de forma estadual, podemos identificar verdadeiros ícones em cada unidade brasileira, que assinam a cultura local. Os mais importantes, sem dúvida, são as instituições que fizeram história, os clubes de maior torcida, os maiores campeões. Mas em um estado, um único estado, seu clube mais tradicional, o maior de todos os tempos, fechou as portas para o futebol. Para encerrar o nosso especial dos Campeonatos Estaduais, conheça a história do Ferroviário de Porto Velho, o triste fim do maior de Rondônia.

(more…)

Futebol Capixaba – O que mudou após São Mateus e Rio Branco

24/10/2009

129718-4a21bd9e9699f-85

Após a primeira partida transmitida da série A do Capixabão depois de anos (semifinal entre Jaguaré e Rio Branco), relatamos em artigo sobre o momento de credibilidade e resgate que o futebol capixaba atravessava naquele momento. Grandes  públicos em decisões, ampla cobertura na mídia local, transmissão ao vivo em horário diferenciado para não concorrer com grandes centros. Eis que após tudo isso, ocorreu a batalha do Sernamby, onde Rio Branco e São Mateus foram às vias de fato e o jogo foi encerrado antes da hora. Mas quais serão as conseqüências desse incidente, que correu a mídia de todo o Brasil e até do exterior?

(more…)