E aí, ouvinte, tá gostando?

O FUTEBOL E O RÁDIO

Há muito tempo estava com saudade de um grande companheiro de torcida, que me levava aos estádios de todo o Brasil: o rádio. Nos dias de hoje em que pay-per-views da vida levam para a TV quase todos os jogos importantes do país – o que é muito bom, diga-se de passagem –, confesso que fui visitando cada vez menos meu bom e velho radinho, ao qual passava pelo menos duas horas grudado nos fins de semana.

Mas há situações em que ele ainda é fundamental. Na rua, no carro. Pena que meu celular só pega FM e o rádio do meu carro pega AM muito mal. E transmissão de rádio de verdade é com José Carlos Araújo, o Garotinho, e toda a equipe da Rádio Globo. É uma pena ver os “torcedores do futuro” (nome dado às crianças convidadas para as transmissões) já não conhecerem esse veículo tão importante na crônica esportiva e nem os seus ícones. A emoção de ouvir o jogo no rádio é indescritível.

E em que transmissão de TV você imaginaria o seu comentarista ameaçando ir embora, como Gérson já fez ao ver o técnico do Flamengo tirar o Júnior (o mais novo, não o Maestro) que, para ele, era o melhor em campo? Em que narração você vê o repórter/comentarista se dirigir diretamente ao atleta para dar uma bronca, como o famoso “pára com isso” do Gilson Ricardo?

Mas na última quarta não teve jeito. No meu carro, ao descobrir que a CBN (que é FM) não passava o jogo do meu time, apelei para a AM. É, Garotinho, confesso que me emocionei quando meu time foi ao ataque e você narrou “apontou, atirou… ENTROU!” Mais do que o gol, foi como reencontrar um velho amigo. E entre uma interferência e outra, fui me sentindo novamente no estádio através do meu rádio. E quando você mandou “você ao volante, obrigado pela carona que me dá”, não teve como não responder: obrigado a VOCÊ pela carona.

José Carlos Araújo (obs.: na primeira foto, o radialista era Ary Barroso).

Siga o resto do post clicando abaixo e confira bordões e narrações de Garotinho.

BORDÕES DO GAROTINHO

“Você do volante, obrigado pela carona que me dá.”

“E aí, Canhota, tá gostando?”

“É gente que se liga na gente.”

“Gente de cuca jovem.”

“Torcedor do futuro, tá gostando de quem, garotinho?”

“Apontou, atirou, entrou!”

“Entrou!”

“Golão, golão, golão!”

“Vai mais, vai mais, vai mais garotinho!”

“Deu o quebra de asa.”

“Seja paciente nas estradas para não ser paciente no hospital.”

“Mandou mal. Lá na geral. Que nem perna-de-pau!”

“Apite comigo galera!”

“E no placar do Maraca, olha ele aí…”

“E no intervalo vem aí o Eraldo Leite com os trepidantes na jogada.”

BORDÕES DO GILSON RICARDO

“Ô Odvan! Ô Odvan! Para com isso!”

“Que zoooooeeeeira!”

Integrantes das transmissões da Rádio Globo que também não me esqueço: Gérson (o Canhotinha de Ouro), Washington Rodrigues (Apolinho), Luiz Mendes (o Palavra Fácil), Francisco Aiello, Cláudio Perrout, Edson Mauro (o Bom de Bola) e Evaldo José.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: