Projeto Estádios do Brasil em 2014 – CE, RN, PB e PI

Continuamos no Nordeste, a região com o maior número de sedes escolhidas para a Copa de 2014. Hoje você fica por dentro dos projetos de mais duas cidades escolhidas e duas que brigam para serem lembradas como subsedes de suas vizinhas. Clique na seqüência do post para conferir.

Ceará

Os dois maiores clubes de Fortaleza, o Ceará e o próprio Fortaleza, estão sempre entre as maiores médias de público quando jogam a série A. E os projetos do estado não param no Castelão: o Governo do Ceará promete transformar os estádios secundários em pequenas, mas modernas, arenas para treino. Se só o Novo Castelão já seria muito bom, a previsão mais otimista é de encher os olhos da torcida cearense.

 

– Castelão (estádio da Copa)

Onde? Fortaleza

Recorde de público: 118.496 (Brasil 1 x 0 Uruguai, 1980)

Capacidade atual: 58.400

Capacidade após a reforma: 66.700

Categoria (após a reforma): Estádio de ponta

Possibilidade de sair do papel: Média-Alta (obras por começar)

 

– Presidente Vargas

Onde? Fortaleza

Recorde de público: 38.515 (Ferroviário 1 x 1 Ceará, 1989)

Capacidade atual: 22.000

Capacidade após a reforma: 18.500

Categoria (após a reforma): Atende as necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Média (projeto em andamento na Prefeitura de Fortaleza)

 

– Parque dos Campeonatos

Onde? Fortaleza

Recorde de público: 7.150 (Tiradentes 1 x 2 Fortaleza, 2011)

Capacidade atual: 7.000

Capacidade após a reforma: 25.000

Categoria (após a reforma): Atende as necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Média-Alta (obras em andamento, porém previstas pelo Fortaleza para serem feitas em várias etapas)

 

– Vovozão

Onde? Fortaleza

Recorde de público: ?

Capacidade atual: 3.000

Capacidade após a reforma: 30.000

Categoria (após a reforma): Atende as necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Média-Baixa (o projeto do Ceará ainda não tem prazo para início)

 

– Vila Olímpica

Onde? Fortaleza

Recorde de público: ?

Capacidade atual: 8.000

Capacidade após a reforma: 10.000

Categoria (após a reforma): Atende as necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Baixa (o projeto do Ferroviário não é prioritário em decorrência dos muitos outros projetos)

 

– Maracanaú (novo)

Onde? Maracanaú (RM Fortaleza)

Capacidade após a construção: 16.000

Categoria (após a reforma): Atende necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Média (em pauta na Assembléia do Ceará)

 

Outros estádios:

– Romeirão (Juazeiro do Norte): principal estádio do interior, o Romeirão ganhou uma reforma para o Icasa mandar seus jogos da série B e conta com capacidade de 16.000.

– Juncão (Sobral): com capacidade para 15.000 pessoas, é outro estádio importante do interior.

 

Rio Grande do Norte

Considerada, hoje, a sede mais ameaçada de ser eliminada da Copa de 2014. Natal está com todos os cronogramas atrasados e, embora belíssima, a Arena das Dunas está ameaçada. Enquanto isso, o velho Machadão não foi demolido e nem recebe manutenções. Quadro preocupante para um estado que a pouco viu a modernização do Frasqueirão.

 

– Machadão, futuramente Arena das Dunas (estádio da Copa)

Onde? Natal

Recorde de público: 53.320 (ABC 0 x 2 Santos, 1972)

Capacidade atual: 42.000

Capacidade após a reforma: 45.000

Categoria (após a reforma): Estádio de ponta

Possibilidade de sair do papel: Média (com cronograma com forte atraso, Natal corre risco de ser cortada da Copa)

 

Outros estádios

– Frasqueirão (Natal): reformado em 2006, a casa do ABC hoje é um estádio que atende às necessidades do seu clube, com capacidade para 18.000 pessoas.

– Nogueirão (Mossoró): o estádio está com sua capacidade atual reduzida de 18.000 para 8.000 em decorrência de reformas estruturais. As obras se arrastam, mas ainda assim ele é uma das melhores opções do interior.

– Marizão (Caicó): outro estádio do interior, tem capacidade para 4.000 pessoas, apenas.

 

Paraíba

O estado que tem tudo para ser subsede. Fica a 2 horas de carro de Natal e menos ainda de Recife. A Paraíba tem dois estádios grandes que já receberam a seleção, um em cada polo local: o Amigão, em Campina Grande, e o Almeidão na capital João Pessoa – este último que está interditado momentaneamente. É, reformas são necessárias, e mesmo o Governo sinalizando com a modernização de ambos, nenhum projeto oficial foi ainda apresentado.

 

– Almeidão

Onde? João Pessoa

Recorde de público: 44.268 (Botafogo PB 2 x 0 Campinense, 1998)

Capacidade atual: 40.000

Capacidade após a reforma: ?

Categoria (após a reforma): atende às necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Média-Baixa (intenção declarada pelo Governo da Paraíba, ainda não teve projeto apresentado)

 

– Amigão

Onde? Campina Grande

Recorde de público: 42.149 (Treze 1 x 3 Flamengo, 1982)

Capacidade atual: 35.000

Capacidade após a reforma: ?

Categoria (após a reforma): atende às necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Média-Baixa (intenção declarada pelo Governo da Paraíba, ainda não teve projeto apresentado)

 

Outros estádios:

– Graça (João Pessoa): segundo estádio da capital, reformado no ano passado e reinaugurado neste ano (a tempo de poder fechar o Almeidão que tem problemas estruturais antes do início do estadual). Tem capacidade para 5.000.

– Presidente Vargas (Campina Grande): utilizado pelo Treze para jogos menores, o segundo estádio de Campina Grande comporta 10.000 pessoas.

– Renatão (Campinense): ao contrário do Treze, o estádio do Campinense é pequeno, comportando só 3.000 pessoas.

– Marizão (Souza): um dos principais do interior (fora do eixo de Campina Grande), o estádio de Souza acomoda bem 10.000 pessoas.

 

Piauí

Embora o futebol do Piauí não empolgue, o Albertão é um dos grandes palcos do futebol nordestino. E vem sofrendo há muito tempo. Em constantes reformas nos últimos 5 anos, times locais tiveram que mandar jogos no Maranhão na Copa do Brasil (e até cogitou-se que a final do Campeonato Piauiense de 2008 fosse no estado vizinho). A esperança e que um possível projeto para ser subsede acelere as eternas obras de modernização do maior de Teresina, que ora está abertom, ora fechado.

 

– Albertão

Onde? Teresina

Recorde de público: 60.271 (Tiradentes 1 x 3 Flamengo RJ, 1983)

Capacidade atual: 44.200

Capacidade após a reforma: a mesma

Categoria (após a reforma): atende às necessidades locais

Possibilidade de sair do papel: Média-Alta (as reformas eternas do Albertão são mais estruturais do que de modernização, então um dia elas tem que terminar – a pergunta é “quando”)

 

Outros estádios

– Lindolfinho (Teresina): melhor opção nos momentos que o Albertão fica fechado, o estádio foi reformado em 2008 e comporta 12.000 pessoas até.

– Juca Fortes (Barras): estádio para 5.000 pessoas no interior do estado.

– Gigantão da Malva (Picos): também para 5.000 pessoas, é outra opção no interior do estado.

– Piscinão (Paranaíba): localizado no estreito litoral piauiense, este estádio conta com capacidade para 4.500 pessoas.

Anúncios

2 Respostas to “Projeto Estádios do Brasil em 2014 – CE, RN, PB e PI”

  1. Cultura Futebol Clube Says:

    ATUALIZAÇÃO DO CULTURA
    PIAUÍ:
    – Como vimos na primeira rodada da Copa do Brasil, o Albertão foi reaberto em Teresina. Isso, entretanto, não significa que todas as suas reformas foram feitas.
    – O Ministro do Esporte, Orlando Silva, confirmou intenção de fazer uma Vila Olímpica em Parnaíba, litoral do estado, que contemplaria um estádio de futebol para cerca de 10.000 pessoas.

  2. Cultura Futebol Clube Says:

    ATUALIZAÇÃO DO CULTURA
    PARAÍBA:
    – Também para a primeira rodada da Copa do Brasil, o Almeidão voltou a receber jogos. O estádio, entretando, ainda carece de reformas e segue sem o projeto para ser subsede da Copa ser divulgado pelo governo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: