Seleção Cultura FC – Comentários

Durante a eleição da Seleção Cultura FC, fomos bombardeados com sugestões de fãs indignados com a ausência de seus ídolos na lista final da votação. E, conforme prometemos, chegou a hora de mostrar como a nossa pré-escolha foi e comentar um pouco do resultado que você escolheu. É só clicar abaixo e seguir o restante do post.

O objetivo:

Primeiro, gostaríamos de deixar claro que em nenhum momento quisemos montar uma lista definitiva de quem foram os grandes craques brasileiros. É simplesmente impossível fazer isso. Nosso objetivo foi fazer, através dessa eleição, uma homenagem a grandes craques do passado.

Selecionando craques:

A equipe titular do site, como é do conhecimento de todos, é composta por apenas duas pessoas, Lucas e Vogas, ambos com menos de 25 anos. Com base nas nossas pesquisas para o especial sobre o Álbum de Figurinhas, fizemos a primeira etapa do processo: listar craques de cada posição, quantos aparecessem. E enquanto algumas posições ficaram lotadas, para outras foi difícil achar tantos jogadores. Aproveitamos para chamar um colaborador do site que acompanha o futebol desde a Copa de 1962, para aquelas dicas preciosas sobre as Copas antigas.

Um esquema tático:

Feito isso, definimos um esquema tático que priorizasse o futebol-arte que deixou o Brasil famoso: o 4-3-3. Para isso, fizemos algumas adaptações de posições. Em um time que jogava em 4-2-4 como nas Copas de 1958 e 1962, era difícil dizer quem é meia e quem é volante, por exemplo. Para cada posição, resolvemos listar inicialmente 5 atletas, e cada um dos 3 eleitores dariam pontos de 1 a 5, na ordem, para cada posição. Os 3  que somassem mais pontos, iriam para a votação.

Veja agora quem esteve na pré-lista:

GOLEIRO
Taffarel (1994/98) 15
Gilmar (1958/62) 12
Marcos (2002) 9
Leão (1974) 5
Castilho (1954)  4

LATERAL-DIREITO
Carlos Alberto (1970 14
Djalma Santos (1958/62) 13
Nelinho (1978) 7
Jorginho (1994) 6
Leandro (1982) 5

BEQUE CENTRAL
Oscar (1982) 13
Domingos da Guia (1938) 12
Aldair (1994/98) 9
Mauro (1962) 8
Ricardo Rocha (1994) 3

QUARTO ZAGUEIRO
Bellini (1958) 15
Edinho (1986) 11
Ricardo Gomes (1990) 7
Mauro Galvão (1990) 6
Márcio Santos (1994) 6

LATERAL-ESQUERDO
Nilton Santos (1958/62) 15
Júnior (1982/86) 11
Branco (1990/94) 10
Roberto Carlos (1998/2002) 6
Marinho Chagas (1974) 3

VOLANTE
Falcão (1982/86) 13
Clodoaldo (1970) 12
Dunga (1994/98) 8
Zito (1958/62) 8
Cerezo (1982) 4

MEIA-DIREITA
Zico (1982/86) 14
Gérson (1970) 12
Didi (1958/62) 10
Rivaldo (1998/02) 5
Kaká (2006) 4

MEIA-ESQUERDA
Rivelino (1970/74) 15
Ronaldinho Gaúcho (2002) 10
Sócrates (1982/86) 10
Leonardo (1998) 6
Jair Rosa (1950) 4

PONTA-DIREITA
Garrincha (1958/62) 15
Jairzinho (1970) 12
Leônidas da Silva (1934/38) 8
Bebeto (1994/98) 7
Friaça (1950) 3

CENTRO-AVANTE
Pelé (1958/62/70) 15
Ronaldo (1998/02) 10
Romário (1994) 10
Tostão (1970) 7
Ademir (1950) 3

PONTA-ESQUERDA
Zagallo (1958/62) 14
Zizinho (1950) 13
Éder (1982) 9
Julinho (1954) 5
Dirceu (1978) 4

TÉCNICO
Telê Santana (1982/86) 15
Zagallo (1970/98) 10
Felipão (2002) 9
Feola (1958) 6
Parreira (1994/06) 5

Ausências sentidas:

Algumas pessoas questionaram a ausência de craques que sequer estiveram entre os nossos 5 finalistas, como Lúcio, Kaká, Júlio César, Cafu e Vavá.

Como queríamos fazer uma homenagem a craques do passado (em Copas, alguns ainda estão atuando), tiramos da lista os jogadores de 2010 (Kaká acabou passando, falha nossa). A explicação para os outros fica a critério de preferência pessoal dos integrantes do site e de eles jogarem em posições concorridas. Vavá foi craque para a gente? Lógico. Mas estava concorrerendo com Pelé (é o Pelé), Ronaldinho (craque do penta), Romário (craque do tetra), Tostão (outro fora-de-série) e Ademir (maior artilheiro do Brasil em uma única Copa).

O resultado comentado:

A seleção que você escolheu aqui no Cultura nos surpreendeu (positivamente) em alguns aspectos.

– Mostra que o nosso público tem boa memória, elegendo tanto grandes craques do passado mais distante (Domingos de 1938 foi muito bem votado, embora não tenha ganho), quanto do mais recente (Taffarel foi um dos mais votados no geral);

– Escalou mais jogadores de 58 e 62 do que da Copa de 1970;

.Copa de 58: 5 jogadores

.Copa de 70: 2 jogadores

.Copa de 82: 2 jogadores e 1 técnico

.Copa de 94: 2 jogadores

.Copa de 50: 1 jogador

*A conta dá um jogador a mais porque Pelé este em 58 e 70.

– Mostrou que se importa com o bom futebol, além de vitórias, reconhecendo craques de  1950 e 1982 – que além dos jogadores teve também o técnico eleito;

– Garrincha é realmente o craque do povo, sendo o mais votado (76,5%). Para nossa surpresa, Taffarel (75%) teve percentual maior que o de Pelé (72,5%). Claro que um não concorreu com o outro, mas mesmo assim, superar Pelé é sempre um feito.

– A reserva dessa seleção só teria craque: Gilmar (58 e 62); Carlos Alberto (70), Domingos da Guia (38), Ricardo Gomes (90) e Júnior (82 e 86); Clodoaldo (70), Gérson (70) e Ronaldinho Gaúcho (2002); Jairzinho (70), Romário (94) e Zagallo (58 e 62). Assistente técnico do Telê seria o Felipão (2002).

Os invictos:

Embora cheio de craques na votação, alguns parecem unanimidade: receberam pontuação máxima da nossa votação interna e ganharam a votação. São eles: Taffarel, Bellini, Nilton Santos, Rivelino, Garrincha, Pelé e o nosso técnico, Telê Santana.

Bom, é isso. Continuem mandando suas sugestões para o Cultura e acompanhando o que rola no blog. Afinal, futebol é bem mais que um jogo.

GOLEIRO
Taffarel (1994/98) 15
Gilmar (1958/62) 12
Marcos (2002) 9
Leão (1974) 5
Castilho (1954) 4

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: