Álbum de Figurinhas – Copa do Mundo da França 1998

Uma final em que o Brasil levou a maior goleada de todas as suas participações. Para muitos, uma Copa que poderia ser esquecida.  Para o bom futebol, com certeza não.

Confira craques como Zidane e outros personagens que participaram da Copa que colocou a tradicional França no rol dos campeões. É só seguir o post clicando abaixo e boa coleção!

.

As Sedes:

– Bordeaux, Lens, Lyon, Marselha, Montpellier, Nantes, Paris, Saint-Denis (RM Paris), Saint-Étienne e Toulouse.

A Final:

Os campeões:


– Barthez; Thuram, Desailly, Blanc (Lebœuf) e Lizarazu; Deschamps, Petit, Karembeu e Zidane (Trezeguet); Djorkaeff (Henry) e Guivarc’h (Dugarry).

..

..

– Campanha do campeão: 7 jogos, 6 vitórias e 1 empate

Terceiro e quarto:

– Croácia e Holanda

A Grande Seleção:

– França

Após o fim da era Platini, a França esperou 10 anos por outra grande geração. Só que esta conseguiu ganhar tudo: Copa do Mundo em 1998, Eurocopa em 2000 e duas Copas das Confederações (2001/03). Surgia ali a era Zidane.

O país-sede:

Foi campeão

Grande jogo (fora a final):

Argentina 24x32 Inglaterra – ASDET – Saint-Étienne, 30 de junho

(2 x 2; 2 x 2; 2 x 2; 2 x 2 – 4 x 3)

– Oitavas de final. Mais um dos muitos capítulos escritos por Argentina e Inglaterra em Copas do Mundo. Não o mais importante, mas com certeza um jogaço.

Grandes craques:

*Devido ao aumento do número de figuras, dividiremos os craques em GRANDES CRAQUES e OUTROS CRAQUES, que vem no final do post.

..

..

..

..

..

..

..

..

Os craques brasileiros:

..

..

Equipes surpresas:

– Paraguai

..

Uma defesa fantástica, comandada pelo craque da zaga Gamarra. Mas faltou ataque e chegaram apenas às oitavas, quando levaram o primeiro gol de ouro das Copas contra a França.

– Nigéria

..

Começou como nunca. Terminou como sempre. Após vitórias convincentes e surpreendentes contra Espanha e Bulgária, ninguém ligou para a derrota frente o Paraguai. Mas aí nas oitavas levou uma goleada de 4 a 1 da Dinamarca que poucos entenderam.

– Croácia

..

..

O verdadeiro time sensação da Copa. Com um meio-campo ofensivo e habilidoso e o matador Šuker dando segurança no ataque, chegou ao terceiro lugar em sua estréia em Copas (antes o país fazia parte da Iugoslávia) dando uma aula de futebol na Alemanha durante as quartas: 3 a 0. Assim como o Paraguai, parou na França em um jogo histórico: 2 a 1 de virada.

Pontos negativos:

– A polêmica de Ronaldinho

A França jogou bem o torneio inteiro, inclusive sendo melhor que o Brasil na final. Mas a crise de convulsão que atormentou Ronaldinho antes do jogo criou inúmeras teorias conspiratórias em torno da Copa. Vendida para o patrocinador? Não faz muito sentido (o patrocinador da França era o maior rival do patrocinador brasileiro). Mas o que aconteceu naquela final, de fato, dificilmente será provado.

– A Espanha

Sempre favorita, desta vez caiu na primeira fase.

A lenda:

– Morte Súbita

França 1 x 0 Paraguai – ASDET – Lens, 28 de junho

(0 x 0; 0 x 0; 0 x 0; 1 x 0…)

A novidade chegou para diminuir as prorrogações e a quantidade de disputas de pênaltis. Muito lógico: se o objetivo da prorrogação é desempatar o jogo, por que dar a chance de um time empatar de novo após tomar um gol? Mas futebol não é tão lógico e as equipes se retrancavam nas prorrogações. Criaram o gol de prata, também não deu certo. E duas Copas depois de Blanc marcar o primeiro contra o Paraguai nas oitavas de final, foi abolido o gol de ouro.

– O trauma italiano

O que as Copas de 1990, 1994 e 1998 têm em comum? A Itália perdeu nos pênaltis. Agora foi contra a França, nas quartas-de-final. Esse trauma só seria superado justamente contra “les bleus”, na final de 2006.

Outros craques:

..

..

..

..

..

..

..

.

DADOS TÉCNICOS:

Participantes:

– Disputaram a Copa: 32

– Vagas na Copa: 32

– Jogaram as Eliminatórias: 170

– Inscritos nas Eliminatórias: 174

.

Regulamento:

1ª Fase: 8 grupos (4 seleções); classificam-se os 2 primeiros de cada grupo. 2ª Fase: Mata-mata (oitavas, quartas, semifinais e final, com disputa de terceiro). Desempate: Saldo de gols, gols-pró, confronto direto e sorteio, na fase de grupos. Prorrogação com “morte súbita” e pênaltis no mata-mata.

Clique e confira:

PARTICIPANTES E JOGADORES

TABELA

ARTILHARIA

ELIMINATÓRIAS (Wiki) / ELIMINATÓRIAS (RSSSF)**

ESCOLHA DA SEDE

Wikipédia Português

*Os links estão direcionados prioritariamente para a Wikipedia e RSSSF em inglês por confiabilidade de fontes.

**Como as Eliminatórias passaram a ficar muito grande, a Wikipedia subdivide os artigos por confederação, precisando seguir os links para vê-los. Por isso foi adicionado uma fonte extra (RSSSF), com layout da página pior, mas que tem todos os jogos no mesmo link.

Legendas

AET: após prorrogação (After Extra Time)

ASDET: após prorrogação com morte-súbita (After Sudden Death Extra Time)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: