Álbum de Figurinhas – Copa do Mundo da Itália 1934

Faça a sua coleção e conheça um pouco da história das Copas. A segunda página dos mundiais foi na Itália de Mussolini, e ficou marcada por muita polêmica nos bastidores da organização.

Confusões à parte, o time italiano era muito bom, sim, e faturou a Copa em casa. Veja no restante do post um pouco da história que levou a Azzura ao primeiro de seus muitos títulos.

.

As sedes:

– Bolonha, Gênova, Florença, Milão, Nápoles, Roma, Turim e Trieste.

A Final:

Os campeões:

.

Combi; Monzeglio, Allemandi e Ferraris; Monti e Bertolini; Guaita, Giuseppe Meazza, Schiavio, Ferrari e Orsi.

..

..

– Campanha do campeão: 5 jogos, 4 vitórias e 1 empate

Terceiro e quarto:

Alemanha e Áustria

A Grande Seleção:

– Itália

A “azzura” dominava o futebol europeu junto com a Áustria na década de 30, decidindo uma semifinal de Copa (1934), 2 campeonatos europeus (1932 e 35) e 1 Olimpíada (1936). O encontro deveria se repetir em 1938, mas a Alemanha nazista anexou a Áustria. Como a Itália só perdeu em um europeu (o de 1932), mostra que foi a grande seleção européia da década.

Homenagem à Áustria


O país-sede:

Foi campeão

Grande jogo (fora a final):

Itália 1 x 1 Espanha – AET – Florença, 31 de maio

(1 x 1; 1 x 1; 1 x 1; 1 x 1)

Itália 1 x 0 Espanha – Florença, 1° de junho

(1 x 0; 1 x 0)

– Na verdade foram dois jogos para decidir essa quarta-de-final. Após o primeiro, a Espanha chegou para o jogo extra com 7 desfalques por contusão (a Itália com 5 desfalques) e teve 2 gols, segundo testemunhas, mal-anulados por impedimento.

Outros Craques:

..

O craque brasileiro:

Equipe surpresa:

– Não houve

Pontos negativos:

– O boicote do Uruguai

Em resposta ao boicote europeu da Copa de 1930, o Uruguai se recusou a jogar nas Copas de 1934 e 1938, o que acabou evitando o confronto entre celestes e “azzuros” como tira-teima de qual era a melhor equipe da década. Também fez com que a Copa de 1934 fosse a única sem presença do detentor do título.

– O Brasil

Como o sistema era mata-mata desde a primeira fase, o Brasil caiu no primeiro jogo diante da Espanha e ficou assim sem ganhar nenhum jogo no torneio (única vez que isso ocorreu).

– Intervenções fascistas

Segundo muitos que acompanharam o torneio, Mussolini fez a Copa para ganhar de qualquer forma e não mediu métodos para isso, inclusive pressionando árbitros. Como falamos, a Itália eliminou a Espanha nas quartas em dois jogos violentos e suspeitos. E dizem ainda que o gol do título italiano na prorrogação foi marcado após falta clara falta no goleiro tchecoslovaco.

A lenda:

– Mussolini teria se reunido pessoalmente com o árbitro da final na véspera da partida.

.

DADOS TÉCNICOS:

Participantes:

– Disputaram a Copa: 16

– Vagas na Copa: 16

– Jogaram as Eliminatórias: 29

– Inscritos nas Eliminatórias: 32

Regulamento:

Mata-mata (Oitavas, quartas, semifinais e finais, com disputa de terceiro). Obs.: País sede nas eliminatórias. Desempate: Prorrogação e jogo extra.

Clique e confira:

PARTICIPANTES E JOGADORES

TABELA

ARTILHARIA

ELIMINATÓRIAS

ESCOLHA DA SEDE

Wikipédia Português

*Os links estão direcionados prioritariamente para a Wikipedia em inglês por confiabilidade de fontes.

Legendas

AET: após prorrogação (After Extra Time)

ASDET: após prorrogação com morte-súbita (After Sudden Death Extra Time)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: